Home Informações VACINAÇÃO – De quais doenças meu cão deve estar protegido?

VACINAÇÃO – De quais doenças meu cão deve estar protegido?

por Karu Amigo

Vacina antirrábica: Imuniza contra a raiva canina, doença grave que ataca o sistema nervoso central. Sintomas: agressividade, falta de coordenação motora e salivação excessiva. A doença é fatal tanto para cachorros quanto para seres humanos, portanto é obrigatória.
Deve ser tomada a partir de 12 semanas de vida, de acordo com orientação do veterinário. Depois disso, deve ser reforçada anualmente, respeitando o calendário de vacinação.

Vacina múltipla ou polivalente (V8 e V10): Imuniza o pet contra doenças de origem viral e bacteriana. São elas: cinomose, parvovirose, coronavirose, hepatite infecciosa canina, adenovirose, parainfluenza e até alguns tipos de leptospirose.
A imunização deve ser feita a partir de 6-8 semanas de vida, de acordo com o veterinário. Depois, deve ser reforçada anualmente. Além disso, as doses variam de acordo com a data de início da primeira aplicação, com intervalos de três e quatro semanas entre cada uma. Após a primeira etapa de imunização, exige reforço anual com dose única.

Vacina contra a giardíase: Imuniza o pet contra a giardíase e deve ser administrada a partir de 8 semanas de vida e reforçada anualmente. Causada por um protozoário, a doença provoca alterações no sistema digestivo. Entre seus sintomas estão: diarreia, náusea, vômitos, gases, dores abdominais e fezes com sangue.
Em casos mais graves, pode levar à morte por desidratação. Embora não previna 100% contra a doença, a vacina reduz sua incidência e gravidade.

Vacina contra a gripe canina: Efetiva contra a gripe canina. De origem viral e/ou bacteriana, a doença, também é conhecida como “tosse dos canis” ou traqueobronquite infecciosa canina (TIC). Seus sintomas são sinais clínicos da gripe, como tosse, espirros, febre, coriza e perda de apetite. Se não tratada, pode evoluir para um quadro grave de pneumonia.
No caso da vacina contra a gripe canina, ela deve ser administrada de acordo com o veterinário. Depois disso, deve ser reforçada anualmente.

você tembém pode gostar

Deixa um comentário